10 janeiro 2016

Desafio Rádio Sim nº 33

Ora, o que vos peço hoje é uma história de enganos.
Podem ser amorosos, financeiros, científicos, o que quiserem.

A única obrigação é esta: alguém foi enganado!
Contem-me lá histórias trágicas, divertidas ou cómicas, em 77 palavras!

Eu fiz um dramalhão, aqui vai:
Falaste-me sobre uma atenuante qualquer, e eu, ingénua, acreditei. Até te fui buscar ao aeroporto, sou mesmo uma tonta… Afinal, prenderam-te assim que pisaste o solo do nosso país. Meses antes, nem hesitaste, seguiste-os com ligeireza e eu fiquei quieta, alucinada. Agora, lavada em lágrimas, grito para que te libertem, mas, se calhar, nem isso pretendes. Poderei eu deixar de te visitar na penitenciária? Aprenderei nos próximos capítulos desta tolice de enganos sucessivos? Será que te importas?
Margarida Fonseca Santos, 55 anos, Lisboa
Desafio RS nº 33 – uma história de enganos

8 comentários:

  1. Eu, como a personagem, tendo a acreditar antes de desacreditar.

    ResponderEliminar
  2. Oi Margarida! Já, já envio a minha! Beijo! Renata

    ResponderEliminar
  3. Ola Margarida, os enganos são possíveis.
    Acreditar é preciso enganar faz parte.
    Abraços e vou tentar.
    Bjs

    ResponderEliminar
  4. Boa tarde Margarida,
    A sua história como sempre inspiradíssima!
    Enviei-lhe há pouco a minha;))!
    Beijinhos e boa semana.
    Emília

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada!
      E já publiquei, mas fiquei com pena do rapaz... ;)
      Beijinhos grandes

      Eliminar