22 setembro 2015

O centro das atenções

– Vir contigo a qualquer lado é ser o centro das atenções e nem sempre pelos melhores motivos. E tu aí, a rir como uma maluquinha com toda a gente a olhar para nós. Podíamos estar no hospital por causa da tua mania do “eu sei como isto funciona”!
– Ó Raúl, desculpa lá, mas quem é que podia imaginar que ao lado do cartaz onde está escrito “chá de menta fresca self-service” estivesse uma planta venenosa para decoração?

Paula Cristina Pessanha Isidoro, 34 anos, Salamanca, Espanha

Desafio nº 49 – história louca de férias!

Sem comentários:

Enviar um comentário