16 dezembro 2013

Programa 156 – 16 Dezembro 2013

OUVIR o programa! 

Ouvir no site da Rádio Sim


Insignificante
Sempre se sentiu mais frágil do que todas as outras pessoas. Pequenina, gordinha, insignificante. Convenceu-se tão profundamente disso que envelheceu mas não cresceu. Sempre pequenina, gordinha, insignificante... Assume com certo orgulho até a sua sempre presente infelicidade. Nada nem ninguém a satisfaz. Nem filhos, nem marido, nem dinheiro. Simplesmente, porque nenhum consegue mudar quem ela é. Acomodou-se à infelicidade. Procura-a com ansiedade. Não sabe ser feliz. Acha mesmo que não merece ser feliz. Tão pequenina, gordinha, insignificante...

Marlene Silva, 33 anos, Espinho
Desafio nº 45 (embora sem as emoções por ordem, resultou muito bem!)

2 comentários:

  1. Obrigada Margarida :) Vou continuar a enviar. Beijinhos, Marlene Silva

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Assim espero! Um grande beijinho para si!
      (ah, e pode fazer os que quiser para trás, claro...)

      Eliminar