07 dezembro 2017

Carla Silva ― desafio 130

O jantar
Espiga, o velho labrador, dormia calmamente. Repentinamente abre os olhos ao sentir o cheiro do pão acabado de cozer que Sara colocava sobre a mesa mesmo a tempo do jantar.
Só esperava que o avô chegasse cedo e não perdesse o convívio inicial. Se chegava tarde ficava aborrecido. Depois descontava nele, escondendo-lhe os ossos!
Embora tivesse péssimo feitio, o avô, se chegasse cedo, era a alegria em pessoa. Era daquelas pessoas que renovam a esperança na humanidade.
Carla Silva, 44anos, Barbacena
Desafio nº 130 ― de espiga a esperança



Sem comentários:

Enviar um comentário