08 março 2017

Lúcia – desafio 116

Ao fundo da rua ouvia-se um som exagerado, decidi descer e ver o que se passava e fiquei perplexa ao ver que a mercearia do Zé Júlio, na rua do Prior que já lá vivia por anos a fio, foi roubada.
Levaram a mercadoria, pobre Zé, era bom moço e agora parecia levar com mais um problema. Dava-me pena ver o rapaz assim, mas nada podia fazer, pois nesse dia eu ia apressada para o meu emprego. 
Lúcia, 15 anos, Porto

Desafio nº 116 – Zé Júlio sem T nem H

Sem comentários:

Enviar um comentário