20 setembro 2016

Solidão

Apanhei um! Apanhei um! Exclamavam, movimentando-se em várias direcções.
E eu na janela......
Gritei, o que se passa aí? 
É a caça aos pokémon!
Responderam, rindo. Talvez, da minha ignorância ou da minha solidão.

Valha-me o agitar do vento e o chilrear do passaredo que, na esplanada do café, me ajudam a quebrar o silêncio dos Tablets fixados no Facebook e Twitter. E eu na esplanada.......

Ao lado, bebem, cantam e dançam. Mas ninguém fala de Amor.
Júlia Braga, 59 anos, Oeiras
Desafio nº 109 – solidão no meio de gente

Sem comentários:

Enviar um comentário