30 setembro 2016

Que pena…

Visita de uma cunhada italiana, idosa, faladeira, não muito chegada aos banhos, portanto, nos raros momentos silenciosos, ainda assim, uma quadra distante, podia-se senti-la!
Como atender a casa, os filhos e estudar para a faculdade se a matraca ao lado nada permitia, como?
Dois meses para que fosse embora. Certa noite sonhava.
– Aloooooooooooooooooooô!!! É do 111?
– Sim, 111, em que a posso servir?
Deportem uma vecchia signora, antes que...
Assim a patrulha o fez!
Infelizmente, fora sonho!
Chica, 67 anos Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil  
Desafio nº 111 – linha de atendimento 111

4 comentários:

  1. Obrigadão,Margarida! um lindo fds! bjs, chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora, foi um prazer - e acredito que muitos tenham pensado «olha que boa ideia!»...
      Um grande beijinho

      Eliminar
  2. Boa noite Margarida,
    A história da Chica está hilariante!
    Adorei!
    Beijinhos para ambas e bom fim de semana.
    Emília

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Emília!
      Ficou, não foi?
      Um grande beijinho para si

      Eliminar