10 março 2015

Mulher

Gosto dos filmes que me desidratam, daqueles em que ensopo um pacote de lenços, solto um ou dois «que bonito!», acompanhado de um soluço e termino com olhos de cachucho.
É verdade que também me preenche soltar uma boa gargalhada, mas confesso que não é fácil fazer-me rir.
Já para verter o líquido salgado das lágrimas é preciso bem pouco. Um animalzinho abandonado, alguém que se prontifica a ajudar e a torneira abre-se.
Sou uma chorona assumida.

Quita Miguel, 55 anos, Cascais
Mais histórias aqui: http://quitamiguel.blogspot.pt/

Desafio RS nº 23 – história de mulheres

2 comentários:

  1. Rsss.... Bem coisa de mulheres mesmo.,Somos choronas! bjs, chica

    ResponderEliminar