10 outubro 2014

Tu sabias!

Olhei-te, pedindo ajuda para plantar uma árvore. Nada fizeste. Mas tu sabias!
Desmoralizado, escolhi outro passatempo: o aeromodelismo. Mais uma vez, te pedi auxílio e me ignoraste. Mas tu sabias!
Entrei em pânico, ao achar que não tinha jeito para nada. Perguntei-te o que seria melhor para mim. Encolheste os ombros. Mas tu sabias!
Ultimamente, vejo-te a comportares-te como se te sentisse culpado em relação a mim e procurasses reparar o abandono. Mas já não quero saber!

Quita Miguel, 54 anos, Cascais
Desafio RS nº 18 – frases repetidas no texto

Sem comentários:

Enviar um comentário