13 outubro 2014

Liberdade

Nasci? Sonhei?
Acordei!
Ouço mas não vejo
Presa, mal me posso mexer
Ouço... sons, muitos...
Sufoco, quero espaço, quero ir ter com os sons
Grito, sacudo, preciso de espaço, sacudo, sacudo

Saio, estendo asas, voo,
enfim LIVRE
Corro no vento, saltito nos raios de sol
Volúpia de sensações, cheiros
Brinco nas flores, volteio
rebolo no arco-íris
livre, livre...
Borboleta de mil cores
Bela, desejada, amada,
Invejada...

Prendem-me
morro devagar
Talvez... talvez...
possa renascer
um dia...
um dia...

Pedro Paiva, 60 anos, São Brás de Alportel 

Sem comentários:

Enviar um comentário