11 março 2014

Uma declaração de amor

Teu rosto, teus olhos, tua pele, teu corpo, teu cheiro, tua ausência tão presente tão vivida, tanta saudade, tanta amargura, tanta dor, tanta vontade, tanto desejo, tanto sonho tão desfeito, tanto amor, tanta alegria, tanta sede, tua imagem tua voz tão afastadas, tão sozinho, tão feliz, tão contente teres surgido tão imprevisível, tão bonita, tão vida, tão doce, tão amarga, tão tudo, tão nada, tantas palavras tão sentidas, tanto fel tão vivido, tantas lágrimas, teu, sempre teu.

Miguel Melo, 54 anos, Lisboa

Desafio nº 61 – palavra sim, palavra não começada por T

Sem comentários:

Enviar um comentário