08 março 2013

Ser assim


Assim que entrei no lar senti-me tão vã. O importante na vida está exactamente ali. No ser. O branco dos cabelos apresentou-me o poder da autenticidade. As rugas profundas dos rostos significaram-me a vida. As pernas trôpegas provaram-me que a coragem advém do medo. Quero caber no estado de êxtase do velho que não vendo apreciava o jardim. Sei que dessa noite em diante sempre que for ver as estrelas elas brilharão intensamente... mesmo quando não estão.

Vera Viegas, 29 anos, Lisboa

Frase: Quando for velho, quero ser exactamente assim. - O Velho de Alcântara-Mar in “Não te deixarei morrer, David Crockett”, de Miguel Sousa Tavares

Sem comentários:

Enviar um comentário