30 março 2013

Depois de uma hesitação...

Todos os anos era o mesmo. Ele carregava e os outros aproveitavam-se disso. Por momentos ponderou deixar a carga mesmo ali no meio do nada. Afinal, era só um ovo de Páscoa… quem é que acharia falta? Ao fundo viu a casa onde teria de deixar a encomenda. Uma menina de cabelos longos e pernas desajeitadas brincava na rua. O seu coração encheu-se de propósito novamente. Ele era o Coelho da Páscoa e iria cumprir a sua missão!

Alexandra Rafael

2 comentários:

  1. Passando para apreciar os contos de Páscoa e para deixar meu abraço, Margarida! Feliz Páscoa!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, querida Bia!
      Feliz Páscoa também.
      Um grande beijinho

      Eliminar