25 fevereiro 2013

MEMÓRIAS


Guardo a memória do tempo
Alegria, Tristeza, Felicidade
Feliz por ter nascido
Amada por madrinha e mãe

Depois…
O Terror e a Revolta
A vítima tem o direito e a obrigação
De denunciar a agressão
Para proteger outras mulheres

De Dia ou Noite
O medo de sair à rua

Da Revolta …
Tristeza Profunda
Ir à luta e vencer
Lutar e ultrapassar obstáculos

Tenho direito à Felicidade
Marido, Filha e Filho maravilhosos
Tudo na minha vida é intenso

Cristina Lameiras

Ana Paula Tavares do poema intitulado “Origens” in Dizes-me coisas amargas como os frutos
Luísa Vaz Tavares do poema intitulado “ De mim, apenas” in Doçuras e Amarguras

Sem comentários:

Enviar um comentário