21 fevereiro 2013

A fuga do anjo


Base, fuste ou capitel?, perguntava-se o anjo Gumercindo, admirando a coluna que sustentava o templo, imaginando onde atar a corda e zarpar. 
Cansara-se da vida no Olimpo e sabia-se preparado para ajudar os humanos. Ansiava por emoção, pelo corrupio louco dos mortais, pelo inesperado de cada dia. Mas como fazer?
Um trovão anunciou que Zeus se zangara. Com ele? Não saberia dizer, mas, pelo sim pelo não, aproveitou a tempestade e desceu pelo primeiro raio que apanhou."

Quita Miguel - Cascais

Manuel Freire, Pedra Filosofal – Base, fuste ou capitel
+
Fernando Pessoa, Menino Jesus – E desceu pelo primeiro raio que apanhou

2 comentários:

  1. Grande imaginação, óptima ligação dos versos escolhidos com o texto. Gostei muito! Parabéns!

    ResponderEliminar