19 setembro 2012

o desafio 4 ressuscitado!


Sou um bule rachado,
Sou um pobre coitado
Num jardim fui abandonado
Estou ficando meio enferrujado

Sou um bule rachado
Daqueles que nem alça tem
Por muitos eu fui chutado
Acho que não valho um vintém

Sou um bule rachado
Que na mesa fui muito usado
Mas com toda a modernidade
Parece que não deixei saudade 

Sou um bule rachado
Por uma cafeteira fui trocado
Mas vejam só, agora sirvo de ninho
Dentro de mim, lindo passarinho

 Majoli Oliveira

3 comentários:

  1. Adorei a história do bule rachado...para tudo há uma utilidade! Um abraço!

    ResponderEliminar
  2. Obrigada pelo carinho em postar aqui.
    Fico muito feliz em participar.
    Beijos amiga Margarida.

    ResponderEliminar
  3. Gostei deste voltar atrás e experimentar outros desafios...
    Um grande beijinho!

    ResponderEliminar