29 setembro 2012

Era uma vez uma torta...


Pra missa eu estava de saída
Quando tocou a campainha
Levei um susto, estava distraída
Assim tropecei, caí na cozinha

Uma torta eu tinha feito
Estava na beira do fogão
Ao tropeçar, não teve jeito
Ela foi todinha ao chão

Com minha amiga Carlota
Eu tinha feito um trato
De vir saborear a torta
Após sair da igreja, de imediato

Não atendi a porta
No chão, o prato quebrado
Agora já era a torta
Estava tudo esculhambado

Majoli Oliveira, Brasil

Sem comentários:

Enviar um comentário