30 março 2017

Marlene Silva ― desafio nº 117

Amanhã começo uma nova etapa: o meu primeiro emprego. Não foi fácil a entrevista. Um pesadelo atrair a atenção do meu agora chefe para o que dizia e não para o que aparentava. Sim, as manchas estavam lá. Cansei-me de disfarçar, de esconder. Aceitar a doença passou por aceitar as suas
manifestações. Tenho de me esforçar o dobro, sim. Tenho de ser mais inteligente. Sempre a melhor aluna. Agora, serei a empregada do mês. Todos os meses…
Marlene Silva, 37 anos, Espinho
Desafio nº 117 – uma história para ajudar a combater a psoríase

Sem comentários:

Enviar um comentário