11 janeiro 2018

Natalina Marques ― desafio 133

Estavam ali, num canto sombrio, um monte de silvas. Escondiam um poço, que servia para regar a horta.
Encostado ao poço erguia-se um muro alto, nivelado com o caminho que dava acesso à horta.
Minha irmã, irrequieta e desafiadora, lembrou-se de caminhar pelo muro de olhos fechados e, quando os abriu, estava a milímetros do abismo. Que teria acontecido se tivesse dado o próximo passo? A nossa mãe, agradeceu a Deus o milagre que acabava de saborear.
Natalina Marques, 58 anos, Palmela
Desafio nº 133 ― cair nas silvas

Sem comentários:

Enviar um comentário