12 outubro 2017

Paula Coelho Pais – desafio 127

Estranho sentir-me assim. Estremeço ao pensar que já aqui estiveste. Rias estridentemente com as minhas histórias e eu sabia que só o fazias por mim. Eras uma estrela, um astro que não estava no céu. Na estrada nada se mostrava. E eu só sabia estreitar-te no meu pensamento. No sentido estrito nada sabias de tudo isto. Porque destrinçar as emoções nunca é fácil. Fica um lastro de pudor na alma, um mastro onde nos amarramos para sempre.
Paula Coelho Pais, 56 anos, Lisboa

Desafio nº 127 – stra, stre, stri e stro x 3

Sem comentários:

Enviar um comentário