14 março 2017

Prazeres Sousa ― desafio RS nº 34

Vive na sombra que não é sua, vive no silêncio das palavras que ficaram por dizer.
 Por detrás das cortinas, o tempo agarrava-se pelas rugas das mãos, ficava pelo cheiro a queimado e
vestidos velhos. Sempre à espera que o vento traga o cheiro a Praia.
A cada dia que passas surgem pensamentos, na margem da esperança esperando o acordar da alma …
Construindo pontes de amor entre a humanidade, acredita na transformação.
Continua a sonhar.
Prazeres Sousa, 53 anos, Lisboa

Desafio RS nº 34 – frase de Mia Couto

Sem comentários:

Enviar um comentário