16 março 2017

Domingos Correia ― desafio nº 116

Zé Júlio e a donzela
Meio-dia. Na mercearia do Zé Júlio, aparece uma bela donzela:
― Bom dia!
― Bom dia, lindíssima menina! – responde, namorador, Zé Júlio.

― Sou nova aqui… adorava que alguém me levasse a lugares amorosos… e assim…
― Eu próprio farei isso com imenso prazer! – diz o merceeiro, imaginando o final.
― Adeus… – disse a moça.
Sabem que mais? Adeus, disseram ainda uns queijos que um “freguês”, combinado com a donzela, roubou esgueirando-se à socapa quando o Zé se desfazia em palavras doces…
Domingos Correia, 59 anos, Amarante

Desafio nº 116 – Zé Júlio sem T nem H

Sem comentários:

Enviar um comentário