28 setembro 2015

Trabalhos

Nada mais fácil, dizia para os seus botões. Nunca tinha estado desempregado. Adorava trabalhar. A sua fama sempre o tinha precedido. Antes de terminar um trabalho, já lhe estavam a propor outro. Não era agora, com um doutoramento concluído, que as coisas se iam complicar! Essas pessoas que não arranjam emprego, coitadas. A mim obviamente não vai acontecer...
E assim se passaram meses. A angústia era avassaladora. A sua famosa auto-confiança tinha-se esfumado. Afinal, nada mais difícil.

Mariana de Carvalho, 34 anos, Leuven, Bélgica

Desafio RS nº 19 – começando em Nada mais fácil e terminando em Nada mais difícil

Sem comentários:

Enviar um comentário