16 setembro 2015

Outra realidade

Tropecei em ti. Não me reconheceste. O tempo passara. Chegaram as rugas. Os cabelos branquearam. Era outra Mulher...
Arrumei meus sonhos. Fechei meu coração. Sacudi a alma. Para quê sofrer? Nada tem retorno.
Andei sem sentido. Andei por andar. Só queria fugir. Só queria morrer...
Um arrepio percorreu-me. Ali estavas tu... Olhei-te nos olhos. As estrelas apagaram-se. As vozes anoiteceram. Minhas lágrimas secaram. Então  eu compreendi. Também  tinhas mudado. Segurei-te na mão. Em silêncio guiei-te. Estavas cego.

Isabel Lopo, 69 anos, Lisboa
Desafio RS nº 29 – sempre frases de 3 palavras apenas


Sem comentários:

Enviar um comentário