22 setembro 2015

O velho casarão

O velho casarão guardava ainda as tuas memórias. As escadas com o seu patamar onde tantas vezes brincaste às bonecas, e o jardim de glicínias e hortênsias onde os gatos se escondiam nos dias em que o sol era tórrido e estendiam o pelo luzidio quando o outono apenas deixava passar um sol envergonhado.  Lá dentro continuava tudo igual ao que deixaste. Os móveis na sala, a  partitura que se mantinha aberta, no piano. Faltavas tu apenas.

Alda Gonçalves, 48 anos, Porto
Desafio nº 98 – fotog de P Teixeira Neves


Sem comentários:

Enviar um comentário