28 setembro 2015

Entrada por saída

Não sabia se subia as escadas ou se saltava pela janela da loucura quando ia ter com ela. Aquela
correria fazia lembrar os namoros à antiga. A serenata no chão e os vizinhos no parapeito. Guardo saudades dos beijos às escondidas, e do chegar de mansinho de madrugada. A casa ruiu, as escadas caíram e as serenatas calaram-se bem alto nas ruínas. Tomara que a entrada na janela para a loucura ainda nos fosse uma possível saída.

Gonçalo Gil, 18 anos, Lisboa

Desafio nº 98 – fotog de P Teixeira Neves

Sem comentários:

Enviar um comentário