20 setembro 2015

Amizade aos livros

Antônia era uma mulher interiorizada em estado de ânimo, essência... 
Gostava de ficar metida em sua solidão povoada de livros, escritos meticulosos, apesar de espontaneamente elaborados, saídos do fundo da alma. 
Ficava doente caso não pudesse ler, escrever como lhe convinha pois letras, palavras geravam nela saúde. 
Passeava muito mas, volta e meia, estava encubando, gerando livros... 
Seu mundo era povoado de histórias. 
Subia, descia escadas da sua casa e, lá do alto, lia muito, expressava-se animadamente...

Rosélia Bezerra, 61 anos, Rio de Janeiro, Brasil

Desafio nº 98 – fotog de P Teixeira Neves

6 comentários: