16 setembro 2015

A espera firme!

Claro que sim! Respondera com segurança. Sorriso no olhar.
As horas passaram. As semanas arrastaram-se. Os meses eclipsaram-se. Os anos desapareceram. A espera não!
A alegria murchou. A esperança secou. As lágrimas brotaram. A dor agudizou. A espera continuou. O cansaço avançou. O desespero assomou. O desencanto alastrou. A espera firme! A arrastar solidão. A empurrar sofrimento. Tanta espera destruidora. Afinal para quê? Ver o desfecho. Numa tristeza muda. Silêncio a rasgar. A vida esgotou-se.
Ponto final!

Rosa Maria Pocinho dos Santos Alves, 52 anos, Coimbra

Desafio RS nº 29 – sempre frases de 3 palavras apenas

Sem comentários:

Enviar um comentário