08 março 2015

O duo perfeito

No último domingo do mês, um pintor pobre, sem dinheiro nem comer, decide vender três desenhos seus, perto de um templo.
Muito cedo, um senhor rico vê os desenhos dele e propõe:
– Vem comigo. Quero que um homem como tu pinte e decore o interior do sítio onde moro.
– Que sorte! O senhor acabou de mudar o meu destino!
– Penso que foi o inverso…
Depois de um certo tempo, o encontro destes homens resultou num perfeito duo.

Alina Gulica, 18 anos, Mafra, prof. Teresa Simões

Desafio nº 37 – uma história sem usar a letra A

Sem comentários:

Enviar um comentário