30 março 2015

O ardina

Chico ardina, famoso, dá brados, grita:
– Notícias! Olh’ó notícias! Boas… notícias novas!
Na calçada da lota rivaliza com o brado da varina:
– Olh’á sardinha “biba”.
Rua acima larga os jornais na porta da tabacaria. Compra a raspadinha, fica rico, alcança a fama.
Audaz, apanha o comboio. Vai partir.
Viaja. Olha o mundo nos matutinos.
A sacola vazia acompanha-o nos sonhos, na vida.
Acorda do sonho, o jornal guarda ainda o grito do último ardina da Lisboa gaiata.

Alda Gonçalves, 47 anos, Porto
Desafio nº 86 – Chico ardina sem E


Sem comentários:

Enviar um comentário