18 março 2015

Falta tua...

Há em mim uma falta sem fim,
De ti,
De nós dois, do tempo que passou,
Eterno indagar,
Ao tempo que correu tão breve assim,
Perfeito partilhar
Há em mim doce aroma que restou,
Impresso, cravado,
E cada imagem, sabor, vivo e tatuado.
Há saudade,
Que no peito se agiganta, desagua, derrama
E doendo
Machuca, e a alma de vazio reclama.
De ti,
Da falta que tu fazes que corroendo
Fere coração,
E assim será, sempre, infinitamente. 

Roseane Ferreira, Estado do Amapá, Macapá, Extremo Norte do Brasil

Desafio nº 75 – frases de 7 e 2 palavras.

Sem comentários:

Enviar um comentário