21 dezembro 2014

Um novo brilho

O povo andava triste e até a árvore de Natal da aldeia não tinha o brilho habitual. A aranha negra e peluda que a todos assustava teve uma ideia. Se melhor pensou, melhor o fez. Convocou todos os pirilampos para com ela iluminarem aquela noite especial. A aranha com a sua teia foi envolvendo a árvore em deslumbrantes fios de seda. Os pirilampos cobriram-na com as suas luzes cintilantes... O povo jamais esqueceu aquela noite de Natal.

Emília Simões, 63 anos, Mem-Matins (Algueirão)
Mais histórias aqui: http://ailime-sinais.blogspot.pt/
Desafio nº 80 – o Natal da aranha

5 comentários:

  1. Boa noite Margarida,
    Muito obrigada por ter publicado a minha história!
    Desejo-lhe um santo e Feliz Natal.
    Muito obrigada pela sua enorme generosidade!
    Tudo de maravilhoso para si e sua Famílai.
    Beijinhos,Emília

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada, Emília, é sempre uma simpatia. Publico sempre com imenso prazer, gosto muito de as ler. Um grande beijinho e Boas Festas

      Eliminar
  2. Imagino o quanto deve ter sido linda essa noite de Natal! Adorei os pirilampos e estamos mesmo,em sintonia! bjs,pra ti e Margarida! chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muitos beijinhos, querida Chica!

      Eliminar
    2. Boa noite Chica,
      Foi uma noite de Natal diferente;))! O povo não esqueceu;))!
      Muito obrigada.
      Beijinhos e uma óptima segunda feira.
      Emília

      Eliminar