10 dezembro 2014

Um elefante

Um dia, vi um elefante grandioso, não pelo tamanho, porque elefantes assim havia muitos, mas pelo poder que tinha, algo misterioso, nada malicioso. Numa luminosa manhã tudo mudou, e o elefante, se era famoso, mais famoso ficou. Ia ele pé ante pé, corajoso, vaidoso apanhar umas apetitosas frutas, e algo aconteceu… as maldosas e formosas bruxas enfeitiçaram-no,  o elefante ficou pegajoso, comichoso, e teimoso. E desde esse dia o mistério revelou-se de que nada tinha de sigiloso.

Maria de Lisboa, 44 anos

Desafio RS nº 20 – 14 palavras acabadas em -oso, -osa

Sem comentários:

Enviar um comentário