14 dezembro 2014

Talvez

Quando as mulheres, homens  e crianças forem iguais por serem diferentes.
Quando o verbo distribuir faça cada pão para apenas uma boca.
Quando a palavra educação seja um sinónimo de construção do individuo.
Quando o dinheiro esteja na direta  proporção civilizada de cada actividade.
Quando a acção médica seja acessível e atinja toda a população.
Quando a liberdade de uns não seja  a prisão dos outros.
Quando? Talvez agora que uma luz nos entre adentro e sonharmos. 

Constantino Mendes Alves, 56 anos, Leiria
Desafio RS nº 11 – 7 frases de 11 palavras, sempre com uma palavra repetida

Sem comentários:

Enviar um comentário