17 dezembro 2014

Ser pai

Nada mais fácil, pensei. Estava preparado. Sempre o quisera fazer.
Finalmente aconteceu. Fui pai.
Renasci. Já não era eu o centro. Outro ser tomou conta de tudo em mim.
Vieram as dúvidas. Como cuidar? Como educar? Como ajudar a crescer?
Chegou uma certeza. As dúvidas faziam parte. Fiquei mais descansado.
De repente, fui pai de novo. Agora um rapaz. Igualmente bom.
Cumplicidade de irmãos. Bom para eles. Delicioso para mim.
Ainda assim, ser Pai… nada mais difícil!

Nuno Longle, 40 anos, Odivelas

Desafio RS nº 19 – começando em Nada mais fácil e terminando em Nada mais difícil

Sem comentários:

Enviar um comentário