13 dezembro 2014

O menino

Numa noite tempestuosa e invernosa
Com tudo silencioso
Maria está à lareira
Olhando o lume incandescente luminoso
Joga a mão à garrafeira
E toma um porto gostoso
E assim tão compenetrada
E lá muito pela madrugada
A pele sedosa radiosa
Do calor ficou rugosa
O menino lacrimoso e choroso
Conseguiu despertar a mãe
Que ficou logo ansiosa
Corre para ele e dá-lhe
Um abraço fervoroso e carinhoso
E o menino dorme agora um sono tranquilo e misterioso

Maria Silvéria dos Mártires, 67 anos, Lisboa

Desafio RS nº 20 – 14 palavras acabadas em -oso, -osa

Sem comentários:

Enviar um comentário