16 novembro 2014

Paixão Impossível

Entre eles há sintonia de pensamento, autenticidade, alegria; bem estar. Existe carinho e desejo de abraços, toque de mãos e rosto.
Ela luta, incapazmente, não sentir o que sente: afecto inesperado; perturbador. Ele vive os momentos de felicidade, com especial cuidado em não a magoar, mas sem culpas.
Inexplicavelmente, gostam-se muito. Paixão(?!).
Perdidos num turbilhão de emoções, indecifráveis que preenchem os seus corações. A relação interdita desvia-os à ternura; respeito pelas circunstâncias da vida de cada um.

Isabel Pinto, 47 anos, Setúbal

Desafio nº 45 – emoções por ordem alfabética 

Sem comentários:

Enviar um comentário