14 novembro 2014

33, 66, 99

33 Rita! Em Alice parecia que os anos não pesavam, a matriarca mantinha aquele azul  lúcido no olhar. Margarida pegava no colo o seu mais recente neto e experimentava uma vespertina maternidade que julgava devorada pelo tempo. Rita contagiava-se de afetos e parecia ainda mais bonita do que era na realidade.
Há alguns meses, Margarida tinha festejado mais 33, 66 aniversários, uma semana atrás Alice, de um sopro, tinha apagado mais 33 velas, 99 anos de luz.

Constantino Mendes Alves, 56 anos, Leiria
Desafio nº 66 – números 66 e 99


Sem comentários:

Enviar um comentário