31 outubro 2014

Que raiva!

Sou um bule rachado, sou velho, o dourado que me tornava o mais lindo bule do armário, desapareceu há muito.
Ontem, a Maria ao lavar-me quebrou a minha bica.
Baboso, o chá já não vai cair certo naquela linda chávena de porcelana chinesa.
Aproxima-se a hora de voltar a ver a minha amada.
Reparará na minha cicatriz?
Poderei  eu aspirar ao amor daquela bela chávena que me tolda os sentidos?
Que raiva! Hoje estrearam o bule azul!!!

Maria Helena Alves, 80 anos, Estremoz, Academia Sénior, prof. Zuzu Baleiro
Mais textos aqui: http://zuzupoesiaecontos.blogspot.pt/
Desafio nº 2 – “Sempre quis ser uma história”, palavras obrigatórias por ordem inversa


Sem comentários:

Enviar um comentário