26 julho 2014

Experimentar a alegria

A aorta e a mitral foram reconstruídas com êxito, numa primeira fase. Depois vieram os transplantes compatíveis e as próteses de titânio. Não se reconhece, deita o espelho fora e fica sozinho, roendo saudades duras. Um futuro esquecido veio ter com ele através de uma estreita e longa vereda que o mato teimava em invadir. Sorriu à sua chegada, reergueu os olhos e deambulou como um ébrio, até se meter ao caminho. Agora vai, experimentando a alegria.

Graça Samora, 67 anos, Massamá, Queluz

Desafio nº 70 – frase de palavras obrigatórias 

Sem comentários:

Enviar um comentário