20 julho 2014

Caminho de Santiago

Deambulou pelas ruas desertas, percorreu a vereda e continuou em frente, obedecendo às instruções que recebera.
Sozinho, estava experimentando uma realidade diferente, que muitos teriam dificuldade em entender.
Cansado de conversar só consigo, naquele isolamento forçado que se havia imposto, abrandou o passo.
Por fim, avistou a vila e, com forças reconstruídas, seguiu, por ali foraesquecido das saudades, do cansaço e das bolhas que lhe dilaceravam os pés. Completava mais um dia no Caminho de Santiago.

Quita Miguel, 54 anos, Cascais

Desafio nº 70 – frase de palavras obrigatórias 

Sem comentários:

Enviar um comentário