30 março 2014

Quem nos quer?

Era o 19, tão só na velha arca, e a boneca de trapos, tão debotada.
Ela reparou nos traços luzidios do 19 e perguntou:
– A quem pertencem as tuas memórias?
– Sou da fórmula 1, azul metálico, com faróis que iluminam o mundo, uma memória do João no autódromo dos corredores da casa da avó. E tu, a que mundo pertences?
– Venho do tempo terno da avó, o seu único brinquedo.
Somos memórias à espera de outras mãos.

Fátima Veríssimo, 53 anos, Seixal
Desafio nº 62 – dois objectos, numa prateleira cheia de pó, conversam

Sem comentários:

Enviar um comentário