23 março 2014

Massacrado!

Sentia-se massacrado...! Os toques contantes nos seus botões, por mãos alheias, irritavam-no.
O Comando TV vivia reclamando... apaziguando a sua dor...!
Em redor, observava livros em prateleiras cheias de pó... mas, ao seu lado, encontrava-se um livro que  cobiçava a forma como era tratado... delicadeza!
– Não há direito! Carrega; carrega...! Estou a falar contigo, ó livro sortudo!
– Já percebi... estás irritado!? Compreendo a tua revolta... Pensa assim: sou preciso... sou útil, sou feliz...!
– Vou procurar sê-lo, Livro!

Prazeres Sousa, 50 anos, Lisboa

Desafio nº 62 – dois objectos, numa prateleira cheia de pó, conversam

Sem comentários:

Enviar um comentário