11 março 2014

Dispersar

Procura no livro a união com a vida. Deseja dispersar os pensamentos e fugir. Mudar de trabalho, mas em vez disso imobiliza-sesustém a respiração e a armar o entulho que lhe destinam.
Não ousa gritarpronunciar a revolta; borrifar-se para os protocolos, mas queria. Apenas murmura e verte lágrimas. Rumina em ziguezague como carburar o ânimo. Tem de haver uma solução, que não seja a beleza de um nenúfar. O jogo da existência é como xisto.

Isabel Pinto, 47 anos, Setúbal

Desafio nº 58 – tabela de 2 palavras obrigatórias para o alfabeto, uma à escolha

Sem comentários:

Enviar um comentário