30 março 2014

Desavença

Tadeu rapaz teimoso e traquina aparece tempestivamente no terreiro, seguindo-se Teodora gritando:
– Tu és...
– Trapaceiro? – pergunta troçando
– Sim, trapaceiro, mentiroso, traidor...
– Ei!? Traidor não!
– TRAIDOR SIM. Traíste-me.
– Eu?
– Tu contaste-lhe tudo...  – Lágrimas teimosas fluem
Tadeu para. Talvez se tenha excedido. Timidamente abraça Teodora.
– Sabes? Tens razão. Tato, falta-me tato. Desculpa.
Teodora sorri, Tadeu envergonha-se. Tal como tinha começado termina a tempestade.
Os treze anos têm destes tormentos aterradores.  Tréguas feitas, tempestade ultrapassada Tadeu e Teodora partem tagarelando.

Carla Silva, 40 anos,  Barbacena, Elvas

Desafio nº 61 – palavra sim, palavra não começada por T

Sem comentários:

Enviar um comentário