20 março 2014

A chaminé e o pucarinho

Em cima da chaminé diz o pucarinho:
– Estou ansioso que chegue a primavera para me tirarem daqui para junto da janela onde poderei apreciar a rua e as flores do jardim!
– Só eu passo aqui o ano todo, diz a chaminé, entre fumo e fuligem! Que vida triste e escura eu levo…
– Mas tu sempre podes dizer olá ao céu azul e às nuvens brancas por cima do telhado.
– Mas o coração inteligente, deixa-nos voar sem asas.

Alda Gonçalves, 46 anos, Porto

Desafio nº 62 – dois objectos, numa prateleira cheia de pó, conversam

2 comentários:

  1. Gostei muito dessa história, principalmente dessa parte

    Mas o coração inteligente, deixa-nos voar sem asas.

    Lindo.

    ResponderEliminar