06 fevereiro 2014

Sonho

Sonhei com um bote verde.  Porquê verde? Perguntei eu. Fosse verde, roxo ou cinzento, só sei que sonhei com um bote.  Quis compreender o sentido do sonho e procurei um individuo que me soubesse dizer.  Corri o Norte, o Centro e o Sul.  Estou num enorme stress, sem desistir corro e procuro quem ouse dizer-me o que eu quero ouvir.  O céu escurece, chove e eu corro.  Sem folego pergunto pelo intérprete, todos riem bem forte… desperto.

Isabel Branco, 53 anos, Charneca da Caparica

Desafio nº 37 – uma história sem usar a letra A

Sem comentários:

Enviar um comentário