11 fevereiro 2014

Galinha Real

Toma-se uma galinha de avantajado porte, corta-se em pedaços que, depois de higienizados, se colocam numa tigela para aí se cruzarem com os toma-gostos: sal, pimenta, alho, cominhos, louro, vinho branco.
Passada uma hora, leva-se a lume médio, num tacho onde se refogou a cebola em azeite e óleo de amendoim. Junta-se um iogurte natural. Após a cozedura, solta-se-lhe em chuva um punhado de coentros picadinhos.
Real porquê?  Porque, de tão boa, vai à mesa de reis.

Elisabeth Oliveira Janeiro, 69 anos, Lisboa
Desafio RS nº 10 – uma receita em 77 palavras


Sem comentários:

Enviar um comentário