26 fevereiro 2014

Criar uma associação...

Sou um bule rachado, sou um objeto sem voz que não se pode queixar das injustiças. Devido ao meu defeito já ninguém gosta de mim. Até já compraram outro bule, novinho em folha e que cumpre o serviço na perfeição. Não me deitaram fora, é verdade, mas também nunca mais me tiraram do horrível louceiro onde me encontro. Se eu pudesse falar, criaria uma associação para dar voz aos bules rachados que são discriminados, ignorados e abandonados.

Paula Fialho Silva, 34 anos, Badajoz

Desafio nº 4 – começando a frase “Sou um bule rachado, sou”

Sem comentários:

Enviar um comentário