21 fevereiro 2014

Abrevie!

Entrou coxeando, cotovelando um e outro, com as finas meias de seda esfarrapadas, um salto – altíssimo – dos caros sapatos bamboleando. As pernas escorriam finos fios de sangue. Dera uma queda violenta. Quando recebeu o formulário para preencher gritou irritada:
– Estas quadrículas não chegam. Eu tenho CINCO apelidos.
– Abrevie – respondeu a funcionária.
– Como? Eu não posso abreviar o MEU apelido!
– Ah, já sei: o apelido ficou preso em arame farpado, por isso tropeçou e, olhe, ficou nesse estado!

Maria José Castro, 53 anos, Azeitão

Desafio nº 60 – apelido preso no arame farpado (frase obrigatória)

Sem comentários:

Enviar um comentário